Guia essencial para formar / incorporar uma empresa na América Latina

A formação de uma empresa, também comumente conhecida como constituição de uma sociedade ou registro de empresa é simplesmente o estabelecimento de uma presença comercial em um novo ambiente através da criação de uma pessoa jurídica. Essa pessoa jurídica local é então utilizada para conduzir atividades comerciais. A formação de uma empresa é a melhor maneira de experimentar as oportunidades comerciais que uma determinada jurisdição tem a oferecer. Como muitos estrangeiros já experimentaram aqui, a formação de uma empresa é uma ótima maneira de penetrar no mercado desejado da América Latina e iniciar operações comerciais. No entanto, é preciso levar em conta que existem vários tipos de estruturas legais na América Latina.

Há muitas vantagens para a formação de empresas na América Latina, algumas delas incluem:

  • Acesso a mercados diversos, inexplorados e repletos de oportunidades.
  • Lucrar com uma força de trabalho cada vez mais instruída, talentosa e freqüentemente bilíngüe, e a um custo muito mais barato do que na América do Norte ou na Europa.
  • Aproveitar os incentivos governamentais, destinados a atrair investimentos estrangeiros.

A missão do Biz Latin Hub é simples e direta: nos esforçamos para fazer tudo o que podemos para promover uma relação saudável e frutífera entre os investidores e as notáveis, em constante evolução e emergentes economias da América Latina. Em pouco mais de 4 anos, temos visto em primeira mão as crescentes oportunidades de negócios que se desenvolvem em toda a região.

Em nossa experiência profissional, as formações empresariais são a forma mais eficaz de aproveitar essas oportunidades inexploradas.

Guia essencial – Por que formar / incorporar uma empresa na América Latina?

Neste momento, a América Latina está passando por uma época de ouro. Usar seu tempo para realmente apreciar e compreender a magnitude e a taxa de crescimento econômico e o potencial na região pode ser a decisão empresarial mais inteligente que um investidor pode tomar. Abaixo estão listadas algumas razões pelas quais você deve considerar a formação de uma empresa na América Latina:

Uma forte tendência de crescimento do PIB varreu a América Latina
Uma forte tendência de crescimento do PIB varreu a América Latina

Uma classe média emergente e crescimento do PIB: Uma forte tendência de crescimento do PIB varreu a região. Números consistentemente positivos estão previstos para o continente e são indicativos da notável transformação e das medidas positivas que estão sendo adotadas pelos governos. O Banco Mundial estima que o crescimento regional para a América Latina e o Caribe deverá atingir um aumento médio de 2% em 2018, subindo para 2,6% em 2019. Alguns países estão desenvolvendo um caminho à frente dos demais. Por exemplo, o Peru crescerá a uma taxa de cerca de 3,8%.

Além do crescimento regional, a riqueza real a prazo está melhorando, com cada vez mais pessoas se beneficiando do crescimento nacional da economia. De acordo com um estudo realizado pelo Banco Mundial, a pobreza moderada na região caiu 10% na década de 2000-2010; isto se traduz em quase 50 milhões de pessoas escapando da pobreza e entrando na classe média rapidamente emergente.

Uma longa lista de setores e oportunidades atraentes: Tradicionalmente, a América Latina é conhecida por sua abundância de recursos naturais, e com razão. No entanto, embora ainda constituam uma parte importante dos negócios regionais realizados, os recursos naturais constituem apenas uma parte da ampla gama de indústrias que florescem na América Latina. Nichos fascinantes e conhecimentos estão sendo desenvolvidos em todo o país, colocando a região na vanguarda de muitas indústrias interessantes. Desde o setor de marijuana medicinal na Colômbia até o espantoso boom das empresas fintech no México, as oportunidades se tornaram mais variadas e de fácil acesso nos últimos anos.

Uma região mágica, perfeita para viver: O turismo cresce ano após ano na região da América Latina, e por uma razão muito boa. Além das atrações tradicionais como Machu Pichu e Copacabana, as facetas fascinantes da cultura latina estão atraindo milhões de turistas, e são grandes motivos para se estabelecer na região e incorporar sua empresa. Para citar alguns, nós temos:

  • os movimentos gastronômicos ricos e de vanguarda no México e no Peru.
  • as culturas infecciosas do futebol do Brasil e da Argentina.
  • a beleza avassaladora da floresta tropical amazônica no Brasil, Colômbia e Peru.

Quais são os principais tipos de estruturas legais na América Latina?

Existem quatro tipos principais de empresas na América Latina
Existem quatro tipos principais de empresas na América Latina

Existem quatro tipos principais de empresas embutidas nos tipos de estruturas legais na América Latina. As exigências, características e como elas funcionam diferem ligeiramente entre países, no entanto, existem alguns pontos em comum:

  1. Sucursal de uma empresa estrangeira (Sucursal de Sociedad Extranjera)
  2. A Corporation (Sociedad Anónima – ‘S.A’)  
  3. Uma Empresa de Ações Simplificadas (Sociedad por Acciones Simplificadas – ‘S.A.S’)
  4. Uma Empresa de Responsabilidade Limitada (Sociedad de Responsabilidad Limitada – ‘SRL’ ou ‘LTDA’)

Na maioria dos casos, e quando permitido pelas leis locais, uma empresa de ações simplificada é a melhor estrutura legal para a maioria das aplicações comerciais.

As principais etapas do processo de incorporação / registro

Embora os custos, períodos de tempo e níveis de estresse envolvidos na criação de uma empresa variem entre cada tipo de estrutura legal na América Latina, quase todos eles compartilham elementos processuais chave.

DICA PRO: É altamente recomendável que você faça parcerias com especialistas locais que possam gerenciar o processo de incorporação e possam garantir que sua empresa esteja corretamente estruturada com base em suas atividades comerciais.

Um bom prestador de serviços pode apoiá-lo durante todo o processo de incorporação da empresa. Alguns serviços inestimáveis de incorporação incluem:

  • confirmar a estrutura legal mais apropriada
  • completar uma pesquisa por nome de empresa
  • preparar o estatuto social da empresa
  • obter os livros oficiais da empresa
  • registrar a empresa junto às autoridades locais
  • obter a identificação fiscal da empresa
  • abrir uma conta bancária corporativa

De nosso CEO: “Durante o processo de obtenção da identificação fiscal de sua empresa, alguns países permitem que a empresa seja registrada sob diferentes regimes de tributação, o que pode levar a economias financeiras significativas. Por exemplo, no Peru, uma empresa pode se registrar como ‘Pequena Empresa’, o que, por sua vez, recompensa a empresa com uma série de vantagens fiscais. É por isso que é tão importante garantir que você esteja trabalhando com especialistas locais que possam guiá-lo através do processo e garantir que ele seja bem feito”. – Craig Dempsey

Requisitos de conformidade legal de uma empresa nos tipos complexos de estruturas legais na América Latina

A maioria dos países da América Latina exigia que as empresas locais atendessem a alguns requisitos legais mínimos. Embora estes variem de país para país, a região compartilha alguns pontos em comum. Veja abaixo algumas das exigências legais básicas de conformidade na América Latina.

  • Nomeação de uma representação legal da empresa (“diretor local”) – Esta pessoa é a face legal da empresa perante as autoridades governamentais e, por sua vez, é responsável pela boa reputação da empresa. Esta pessoa deve ser um nacional do país ou um estrangeiro com direito a viver/trabalhar no país.
  • Registro um endereço legal/fiscal – Este é o endereço legal registrado da empresa e será usado para o registro de impostos, para fins de correspondência e para outras comunicações oficiais. Este deve ser um endereço físico dentro do país, e na maioria dos casos, deve ser um local de escritório registrado.
  • Declarações fiscais – Toda pessoa jurídica na América Latina deve apresentar declarações fiscais mensais e anuais junto à autoridade fiscal nacional.

Nota: Dependendo do valor das atividades comerciais e/ou do tipo de estrutura legal, alguns países também podem exigir a nomeação de um auditor externo e independente para a empresa.

Apoio local na América Latina – inscrições de empresas

Para realizar a maioria das atividades comerciais, financeiras e de contratação dentro dos tipos de estruturas legais na América Latina, você precisará estabelecer uma entidade legal local e, ao fazê-lo, é muito importante que você identifique corretamente a estrutura legal correta para seu negócio. Igualmente importante é que o processo de incorporação seja concluído corretamente.  

A Biz Latin Hub pode ser o parceiro perfeito para ajudá-lo a navegar por este desafio. Oferecemos um conjunto completo e multilíngue de serviços de back-office em mais de 11 países da América Latina, contando com a experiência local em cada jurisdição. Se você tiver alguma dúvida sobre as oportunidades de negócios em seu país de interesse, as etapas de formação da empresa ou qualquer coisa relacionada a uma indústria latino-americana específica, não hesite em entrar em contato com nossa equipe.

Para saber mais sobre como fazer negócios na América Latina, confira o vídeo abaixo:

Pin It on Pinterest

Share This

Share This

Share this post with a friend or colleague!