Licenças de Mineração no Chile: O Que Você Precisa Saber

O Chile é conhecido por ser o maior produtor mundial de cobre, mas as oportunidades de extração de produtos como rênio, nitratos, molibdênio, lítio e iodo, bem como prata e ouro, também representam grandes atrativos para investidores estrangeiros. Se você está pensando em fazer negócios no Chile e ter em mente a entrada nas indústrias extrativistas, uma melhor compreensão das licenças de mineração no Chile será de grande valia.

A mineração tem sido um dos principais impulsionadores da economia chilena, nunca gerando menos de 9,6% do Produto Interno Bruto (PIB) do país durante a década até 2018. Também atraiu investimentos estrangeiros diretos (IED) significativos,  atraindo cerca de 33% de todo o IED para o país entre 1995 e 2014.

A região de Antofagasta, no norte do Chile, é o epicentro da indústria extrativa do país, com a produção de cobre lá prevista para atingir  até 760.000 toneladas, enquanto até 260.000 onças de ouro e 11.000 toneladas de molibdênio também estão programadas para serem produzidas na região em 2021.

Além de ser um importante destino para a mineração, o Chile também é conhecido como um farol global de livre comércio, tendo alcançado acordos de livre comércio (FTAs) com 64 países e associações regionais. Seu incentivo à criação de empresas e negócios também a viu figurar entre as 20 principais nações do Índice Global de Empreendedorismo 2019  — o único país latino-americano a aparecer.Se você está pensando em entrar neste lucrativo mercado sul-americano, continue lendo para saber mais sobre as licenças de mineração no Chile, ou vá em frente e entre em contato conosco agora.

De acordo com a constituição chilena, todos os depósitos minerais localizados dentro do território chileno são de propriedade exclusiva do Estado. Consequentemente, se uma empresa privada busca extrair um depósito mineral, deve obter autorização legal do governo. Note-se que existem dois tipos de concessões de mineração, aquelas concedidas para exploração e aquelas emitidas para atividades de exploração. Ambos são concedidos pelo tribunal civil do território correspondente.

Além disso, há uma distinção entre o direito à terra e o direito de explorar ou explorar depósitos minerais encontrados abaixo do solo. Portanto, embora o governo possa conceder uma autorização a uma organização privada para explorar recursos minerais, as negociações para comprar ou desenvolver atividades comerciais em terra podem ter que ser realizadas com seu proprietário.

4 Passos-chave para obter uma concessão de exploração

Máquinas de exploração mineira, representando as atividades que as empresas estrangeiras podem realizar quando obtêm umas licenças de mineração no Chile.
O Chile é rico em depósitos minerais

Ao obter uma licença de mineração no Chile, o processo para obter uma concessão de exploração consiste em quatro etapas fundamentais:

  1. Apresente um pedido de exploração, conhecido no Chile como ‘Pedimento‘ perante o Tribunal Civil do território onde está localizado o depósito de mineração que você deseja explorar.
  2. Se o pedido for aprovado por um juiz, você terá 30 dias para pagar um imposto local conhecido como ‘Tasa Minera‘, publicar o ‘Pedimento‘ no Diário de Mineração e registrá-lo no Registro de Mineração.
  3. Uma vez que a etapa anterior seja concluída, você deve solicitar ao juiz que emita uma decisão a seu favor para transformar o ‘Pedimento‘ em uma concessão de exploração de mineração.
  4. Após a obtenção da concessão de exploração, você terá 120 dias para publicar a decisão no Boletim de Mineração e registrá-la no Registro de Mineração.

5 Passos-chave para obter uma concessão de exploração

Se você realizou a exploração e identificou uma oportunidade de mineração viável, seu próximo passo para garantir uma licença de mineração completa no Chile é obter uma concessão de exploração, que consiste em cinco passos fundamentais:

  1. Apresente um pedido de exploração de mineração, conhecido no Chile como ‘Manifestación‘ perante o tribunal civil do território onde está localizado o depósito de mineração.
  2. Se o pedido for aprovado pelo juiz, você terá 30 dias para pagar um imposto de mineração local conhecido como ‘Tasa Minera‘, publicar a ‘Manifestación‘ no Diário Oficial de Mineração, e registrá-la no Registro De Mineração do país.
  3. Submeta uma solicitação de medição, a fim de calcular as dimensões do território a ser explorado. Observe que você tem um prazo de até 220 dias para completar esta etapa. Assim que o juiz aprovar o pedido, profissionais altamente qualificados farão as medições do terreno onde está localizado o depósito de mineração e emitirão um ‘relatório de medição’.
  4. Apresentar o relatório de medição ao juiz, que irá enviá-lo ao Serviço Nacional de Geologia e Mineração (SERNAGEOMIN), para que essa entidade possa revisá-lo. Se o relatório for aprovado, o juiz concederá uma concessão de exploração.
  5. Após a obtenção da concessão de exploração de mineração, você terá 120 dias para publicar a decisão no Boletim Oficial de Mineração e registrá-la no Registro de Mineração.

Obtenção de licenças de mineração no Chile: entidades envolvidas

Uma foto de uma mina, onde obter umas licenças de mineração no Chile é o primeiro passo para aproveitar o mercado
Várias entidades supervisionam a mineração no Chile

Várias entidades oficiais estão envolvidas no processo de garantia de uma licença de mineração no Chile. Entre elas estão:

Tribunais cíveis: As concessões de mineração são concedidas pelos tribunais cíveis localizados nos diferentes municípios chilenos. Eles têm autoridade para leiloar concessões em caso de descumprimento do pagamento de impostos e para lidar com todas as disputas que surgem como consequência direta das atividades de mineração no Chile.

SERNAGEOMIN: Esta entidade estatal supervisiona a pesquisa especializada e o mapeamento de vários aspectos da crosta terrestre, principalmente relacionados à identificação de recursos minerais em território chileno. Também supervisiona o cumprimento das normas de mineração e gerencia o registro das atuais concessões de mineração concedidas no Chile.

Tesouro Nacional: Esta entidade pública gerencia a cobrança de impostos anuais ou taxas que devem ser pagas por empresas que exploram depósitos minerais no Chile.

Diário Oficial da Mineração: O Diário Oficial da Mineração é uma plataforma utilizada para comunicar mudanças relacionadas às operações de mineração no país, e informar as partes envolvidas em caso de disputas judiciais.

Registro de Mineração: Este registro representa o registro oficial das operações de mineração no país.

A Biz Latin Hub pode ajudá-lo a obter uma licença de mineração no Chile

Os abundantes recursos minerais do Chile representam uma grande oportunidade para as mineradoras que buscam entrar na América Latina ou expandir de outros lugares da região. Na Biz Latin Hub, nossa equipe de especialistas jurídicos e contábeis corporativos multilíngues está equipada para fornecer a representação comercial que você precisa para navegar no marco regulatório do país e obter uma licença de mineração no Chile.

Com nosso portfólio completo de serviços de entrada no mercado e back-office, somos seu único ponto de contato para expandir com sucesso para o país.

Entre em contato conosco agora para receber assistência personalizada.

Saiba mais sobre nossa equipe e autores especializados.

Infográfico: Serviços Biz Latin Hub
Nossos serviços oferecidos no Biz Latin Hub

Pin It on Pinterest

Share This

Share This

Share this post with a friend or colleague!