5 Razões pelas quais o Peru é o melhor país para fazer negócios em 2023

O Peru tem estado entre as economias que mais crescem na América Latina nos últimos dez anos. Tem uma inflação baixa, um setor turístico em expansão e um governo que incentiva o investimento estrangeiro em muitos tipos diferentes de empresas no Peru. Fazer negócios no Peru é uma grande escolha para qualquer negócio.

Os negócios no Peru recuperaram-se fortemente da pandemia de 2021, com um salto de 13,61% em seu PIB. Este crescimento econômico abrandou em 2022, mas ainda estava acima da média da região.

Os negócios no Peru continuam a aumentar e crescer em setores importantes como o Agronegócio. O crescimento das exportações não tradicionais tem destacado os efeitos positivos dos investimentos comerciais no Peru e a expansão do mercado.

O Peru é um bom país para fazer negócios?

O Peru foi recentemente classificado como #31 entre 137 países no Índice de Transformação BTI, à frente da Colômbia, México, Equador e Paraguai. O índice analisa e avalia como os países estão orientando as mudanças sociais em direção à democracia e a uma economia de mercado.

Embora tenha havido alguma turbulência política recente, em fevereiro o governo revelou 30 novos projetos público-privados no valor de quase US$ 9 bilhões, o que é uma notícia positiva para as empresas que querem fazer negócios no Peru.

Os 5 principais motivos para fazer negócios no Peru

  • Forte indústria de mineração
  • Economia em crescimento
  • Sistema tributário favorável
  • Poucas regras de investimento estrangeiro
  • Desenvolver o pool de talentos

Abaixo está uma análise mais profunda destas cinco razões pelas quais o Peru é um grande país para fazer negócios em 2023.

1 – Aberto ao investimento estrangeiro

No Peru, tanto os investidores estrangeiros quanto os locais gozam de direitos iguais sobre seus investimentos sob o princípio de “tratamento nacional”, conforme a legislação do país.

Proíbe qualquer autoridade de discriminar com base na nacionalidade, tipo de atividade econômica, localização geográfica no país, em relação a preços, aspectos cambiais, tarifas, tarifas não alfandegárias, ou informações comerciais.

A maioria dos negócios no Peru não tem nenhuma restrição ou exigência específica sobre investimento estrangeiro. Este ambiente comercial favorável para os investidores estrangeiros faz do Peru um local perfeito para expansão.

2 – Sistema tributário favorável

O governo peruano oferece créditos fiscais estrangeiros para impostos de renda pagos devidos

à renda de origem estrangeira cobrada pela Lei Peruana do Imposto de Renda (PITL).

Para atrair mais negócios no Peru, foram criadas zonas econômicas especiais. Estas zonas oferecem incentivos fiscais e outros benefícios às empresas que operam dentro de suas fronteiras.

Além disso, estas zonas oferecem infra-estrutura essencial, como internet de alta velocidade, energia e transporte, o que facilita o estabelecimento das empresas no país.

Há também um programa especial de dedução para projetos de pesquisa científica, desenvolvimento tecnológico e inovação. Este programa permite aos contribuintes que investem em tais projetos deduzir 150% ou 175% das despesas incorridas, dependendo da natureza do projeto.

3 – Economia em crescimento

A economia peruana projeta crescer a um pouco menos de 3% este ano, o que pode parecer baixo, mas excede em muito a média da América Latina de pouco mais de 1% para 2023.

Mesmo com o aumento da inflação em todo o mundo, a taxa atual do Peru de 8,6% (janeiro de 2023) é inferior à de seus vizinhos Chile, Colômbia, Uruguai e a média da LATAM de 11,45%.

Acrescentar aos créditos fiscais, as políticas de investimento pró-força e as condições para fazer negócios no Peru ainda são muito positivas.

4 – Forte indústria de mineração

O Peru possui ricos depósitos de cobre, ouro, prata, zinco, chumbo e gás natural. O setor de mineração impulsiona a economia do Peru, contribui com 8,5% para seu PIB. As exportações minerais constituem a maior parte das exportações totais do país, totalizando 63,9%.

O setor tem atraído investimentos significativos nas últimas duas décadas, levando a um surto nas atividades de exploração e desenvolvimento. O Peru é um dos principais produtores mundiais de commodities minerais, sendo o cobre e o ouro as exportações minerais mais valiosas.

Devido a seu potencial geológico e baixos custos de produção, a indústria de mineração do Peru é uma oportunidade de investimento atraente.

5 – Desenvolvendo talentos qualificados

Devido aos investimentos do governo em ciência, tecnologia, engenharia e educação matemática nos últimos anos, o Peru tem uma próspera indústria tecnológica.

Como resultado, está entre os 10 principais países per capita para atividade empresarial de tecnologia, com 25% dos peruanos iniciando um negócio nos últimos quatro anos.

O Peru possui um vasto e em expansão conjunto de talentos tecnológicos, com aproximadamente 30.000 engenheiros de software especializados e proficientes.

Quais são as 3 principais indústrias para os negócios no Peru?

Com uma população de mais de 34 milhões de habitantes, o Peru tem uma economia de mercado social emergente com muitos acordos de livre comércio, incluindo os EUA e a China.

Aqui estão as três principais indústrias para os negócios no Peru:

  • Mineração – Como mencionado anteriormente, o setor de mineração e metais é a indústria de ponta no Peru. Possui aproximadamente 200 minas em operação, empregando mais de 235.000 trabalhadores e vários grandes projetos em desenvolvimento.

    O Peru continua a ser um destino atraente para investimentos em mineração com grandes reservas de metal e minerais. Também não há discriminação entre empresas nacionais e estrangeiras sob as leis, regulamentos e costumes peruanos.

  • Turismo – Famoso por seu patrimônio mundial de Machu Picchu, a indústria turística peruana continua a florescer. Prevê-se um crescimento da receita em 2023 de 31,8 por cento.

    Enquanto as chegadas turísticas não atingiram números pré-pandêmicos, o Peru ainda deve receber mais de 2,5 milhões de visitantes este ano. Sua receita turística atingiu US$ 2 bilhões em 2022.

  • Agronegócios – As exportações peruanas para os Estados Unidos aumentaram 23% entre janeiro e novembro de 2022. Este crescimento, impulsionado pela indústria agrícola e pecuária do Peru teve um crescimento acumulado de 367 por cento.

    A indústria do agronegócio no Peru cresceu de 582 empresas em 2009 para mais de 945 empresas exportadoras hoje. Mirtilos, espargos frescos, uvas e abacates lideraram o caminho.

Estas indústrias líderes oferecem oportunidades interessantes de investimento e negócios no Peru este ano.

Ao procurar fazer negócios no Peru, aprender mais sobre os tipos de contas bancárias corporativas é crucial. O cronograma de disponibilidade de fundos é uma das principais diferenças entre os tipos de contas mostrados acima.

O Biz Latin Hub pode ajudar a fazer crescer seu negócio

A Biz Latin Hub pode servir como seu parceiro exclusivo para estabelecer e conduzir negócios no Peru.

Nossa equipe de especialistas em suporte corporativo bilíngüe em Lima pode lhe fornecer um pacote personalizado de serviços. Estes incluem formação de empresas, contabilidade e tributação, apoio jurídico, contratação e PEO.

Para saber mais sobre como podemos ajudá-lo a fazer negócios no Peru e no resto da América Latina, contate nossa equipe de especialistas hoje.

Biz Latin Hub pode ajudá-lo a abrir uma conta bancária para sua empresa, nesta infografia você verá alguns passos para abri-la.
Biz Latin Hub pode ajudá-lo a abrir uma conta bancária para sua empresa, nesta infografia você verá alguns passos para abri-la.
As informações fornecidas aqui não devem ser interpretadas como orientação ou aconselhamento formal. Consulte um profissional para sua situação específica. As informações fornecidas são apenas para fins informativos e podem não abranger todas as leis, padrões e práticas recomendadas pertinentes. O cenário regulatório está em constante evolução; as informações mencionadas podem estar desatualizadas e/ou podem sofrer alterações. As interpretações apresentadas não são oficiais. Algumas seções baseiam-se nas interpretações ou pontos de vista de autoridades relevantes, mas não podemos garantir que essas perspectivas serão apoiadas em todos os ambientes profissionais.
David Wright
David Wright

David passou 22 anos trabalhando para o Serviço Diplomático Britânico servindo em vários países da América Latina. Ele serviu duas vezes na Colômbia, incluindo atuando como assessor em questões de segurança regional do Presidente da Colômbia. Atualmente, atua como consultor para empresas e governos em gestão de riscos, segurança e tecnologia.

David também está envolvido em empresas relacionadas à mineração, tanto em funções executivas quanto não executivas. Junto com Craig Dempsey, ele fundou o Biz Latin Hub e agora atua como seu presidente não executivo. David é bacharel em Astrofísica pela Birmingham University e também estudou na Brown University.

Receba as últimas notícias e conselhos sobre como expandir seus negócios globalmente
Assine a nossa newsletter para receber as últimas notícias e conselhos de negócios sobre formação de entidades, conformidade de entidades legais, contabilidade, back-office e requisitos fiscais.

Este campo é para fins de validação e não deve ser alterado.