Nova reforma tributária no Brasil: O que você precisa saber?

A economia do Brasil se recuperou fortemente sob a orientação do novo presidente Luiz Inácio da Silva Lula. Dados de junho de 2023 mostraram que o PIB havia crescido quase 2% em relação ao trimestre anterior. Os dados também mostraram que a economia do Brasil cresceu 4% em relação ao mesmo período do ano anterior. Saiba mais sobre a reforma tributária no Brasil aqui:

O próximo foco do governo é a reforma tributária no Brasil. No início de julho, a câmara baixa do governo brasileiro aprovou uma nova reforma nos impostos sobre o consumo. Agora, o presidente Lula quer adaptar o imposto de renda.

A reforma tributária no Brasil é um tema quente e desempenhará um papel importante no crescimento econômico futuro do país. Após um período instável sob o comando do ex-presidente Jairo Bolsonaro, o Brasil está buscando fortalecer sua posição como a principal economia da América Latina.

Vamos examinar as mudanças da nova reforma tributária no Brasil e o que isso significa para as empresas que desejam investir na gigantesca nação sul-americana.

Veja também: Opções De Formação e Abertura De Empresas no Brasil

A reforma tributária no Brasil deverá ter um impacto direto sobre o IED

Explicação da reforma tributária no Brasil

Em 6 de julho de 2023, a Câmara dos Deputados do Brasil aprovou uma proposta para reformular as complexas leis tributárias do país. O presidente Lula aplaudiu a medida, chamando-a de “momento histórico e uma grande vitória”.

Depois que a Câmara votou por 375 a 113 a favor da nova reforma tributária no Brasil, ela agora será enviada ao Senado para mais duas rodadas de votação.

A proposta aprovada inclui um período de transição de 50 anos, com início em 2029, durante o qual a base tributária passará do local de produção dos bens para o local de consumo. Essa mudança deve favorecer os estados mais ricos e populosos do Brasil.

Entretanto, espera-se que ela enfrente oposição significativa e demandas por medidas de compensação mais amplas no Senado, dada a maior influência dos governadores estaduais nesse órgão legislativo.

Após a aprovação da Câmara dos Deputados, o mercado reagiu positivamente. O real brasileiro se fortaleceu em mais de 1% em relação ao dólar, e o índice de referência de ações Bovespa (.BVSP) subiu 1,65%.

“É uma necessidade para nossa economia, para que nossa produtividade possa avançar”, disse o ministro da Fazenda, Fernando Haddad. “A forma desatualizada como os impostos são organizados atualmente prejudica muito a indústria, o comércio e os serviços.”

A nova reforma tributária no Brasil simplifica um sistema complexo

Dados do Banco Mundial de 2019 mostraram que o tempo médio anual necessário para cumprir as leis tributárias brasileiras é de aproximadamente 1.500 horas, o equivalente a 187 dias de trabalho de oito horas.

O Brasil opera vários regimes tributários nos níveis federal, estadual e municipal, muitas vezes com elementos que se sobrepõem. A infame burocracia do país aumenta significativamente as despesas de realização de negócios no Brasil e dificulta as perspectivas de inovação.

A câmara baixa do Congresso brasileiro deu sinal verde para uma proposta de reforma tributária que visa a simplificar a intrincada gama de regulamentações.

De acordo com essa reforma, vários impostos sobre o consumo serão consolidados em dois impostos sobre valor agregado (IVAs) conhecidos como CBS (federal) e IBS (local).

O Ministro da Fazenda, Fernando Haddad, expressou a expectativa de que os senadores possam ajustar uma emenda de última hora de 35 páginas introduzida pelos legisladores, que inclui várias novas disposições. Uma dessas disposições permitiria aos governos estaduais reter impostos adicionais sobre produtos primários e semiacabados até 2043, substituindo fundos semelhantes em determinados governos estaduais.

A revisão do complicado código tributário brasileiro foi contemplada várias vezes nas últimas décadas, mas somente agora chegou a um estágio em que poderia ser efetivamente colocada em ação.

Uma das mudanças mais significativas na reforma é a eliminação da tributação cumulativa após sua implementação. Em vez disso, os produtos serão tributados em seu ponto de destino para acabar com as chamadas “guerras fiscais”, em que os estados competem oferecendo incentivos fiscais mais atraentes para atrair as empresas.

O governo federal afirma que a reforma não levará a uma redução da carga tributária geral para os brasileiros ou da receita tributária total arrecadada. Para atender às preocupações dos estados e municípios, será estabelecido um sistema de controle e equilíbrio, alocando especificamente os impostos para essas entidades. Além disso, será formado um conselho para supervisionar a administração das regulamentações fiscais do IVA.

Os especialistas sugerem que o benefício econômico da reforma para o país decorreria da maior eficiência do sistema tributário, o que poderia promover o aumento da competitividade e levar a uma melhor arrecadação de impostos no longo prazo.

Conheça os serviços exportados pelo país se você estiver interessado na reforma tributária no Brasil

A economia do Brasil continua crescendo

Graças ao seu setor agrícola em expansão, a economia brasileira continua a crescer em um ritmo acelerado. A produção agrícola no Brasil aumentou 21,6% no último trimestre financeiro.

O real brasileiro teve um ganho de mais de 1% em relação ao dólar americano, enquanto o índice de referência de ações da Bovespa (.BVSP) registrou um aumento de 1,8%.

Combinando isso com a nova reforma tributária no Brasil, este é o momento ideal para entrar nesse mercado latino-americano.

A Biz Latin Hub pode apoiar sua empresa no Brasil

Na Biz Latin Hub, oferecemos soluções abrangentes de entrada no mercado e de back-office no Brasil, no restante da América Latina e no Caribe.

Somos especializados em uma série de serviços, incluindo experiência em reforma tributária no Brasil, bem como contratação e PEO, contabilidade e tributação, incorporação de empresas e consultoria jurídica corporativa.

Nossos escritórios estão localizados nas principais cidades da região. Além disso, estabelecemos parcerias em vários outros mercados, proporcionando aos nossos clientes uma ampla rede de recursos.

Essa ampla cobertura nos torna bem equipados para dar suporte à entrada no mercado e às operações internacionais em vários países.

Entre em contato conosco hoje mesmo para saber mais sobre nossos serviços e como podemos ajudá-lo em seus empreendimentos comerciais na América Latina e no Caribe.

Se você achou este artigo interessante, confira o restante de nossa cobertura sobre esse enorme mercado sul-americano. Ou leia sobre nossa equipe e autores especializados.

Biz Latin Hub pode ajudá-lo a abrir uma conta bancária para sua empresa, nesta infografia você verá alguns passos para abri-la.
Biz Latin Hub pode ajudá-lo a abrir uma conta bancária para sua empresa, nesta infografia você verá alguns passos para abri-la.

As informações fornecidas aqui não devem ser interpretadas como orientação ou aconselhamento formal. Consulte um profissional para sua situação específica. As informações fornecidas são apenas para fins informativos e podem não abranger todas as leis, padrões e práticas recomendadas pertinentes. O cenário regulatório está em constante evolução; as informações mencionadas podem estar desatualizadas e/ou podem sofrer alterações. As interpretações apresentadas não são oficiais. Algumas seções baseiam-se nas interpretações ou pontos de vista de autoridades relevantes, mas não podemos garantir que essas perspectivas serão apoiadas em todos os ambientes profissionais.
David Wright

David Wright

David passou 22 anos trabalhando para o Serviço Diplomático Britânico servindo em vários países da América Latina. Ele serviu duas vezes na Colômbia, incluindo atuando como assessor em questões de segurança regional do Presidente da Colômbia. Atualmente, atua como consultor para empresas e governos em gestão de riscos, segurança e tecnologia.

David também está envolvido em empresas relacionadas à mineração, tanto em funções executivas quanto não executivas. Junto com Craig Dempsey, ele fundou o Biz Latin Hub e agora atua como seu presidente não executivo. David é bacharel em Astrofísica pela Birmingham University e também estudou na Brown University.

Receba as últimas notícias e conselhos sobre como expandir seus negócios globalmente
Assine a nossa newsletter para receber as últimas notícias e conselhos de negócios sobre formação de entidades, conformidade de entidades legais, contabilidade, back-office e requisitos fiscais.

Este campo é para fins de validação e não deve ser alterado.