chile corporate compliance

Conformidade corporativa no Chile – Quais são os requisitos legais?

Sendo a economia mais estável da América Latina, o Chile se tornou um destino popular para ideias de negócios inovadoras e expansão comercial de empresas estrangeiras bem consolidadas e renomadas. Com suas exportações de cobre e salmão reconhecidas mundialmente e seus vinhos diferenciados, o Chile oferece muitos setores nacionais fortes para investidores interessados. Além disso, devido ao aumento do turismo no Chile (em 2017, houve um recorde histórico no número de turistas recebidos), as cidades menores estão começando a crescer e as oportunidades estão surgindo. A combinação desses mercados fortes e de oportunidades comerciais novas e atraentes são os principais atrativos para empresas estrangeiras que buscam fontes adicionais de receita no exterior. Saiba mas sobre Conformidade corporativa no Chile.

Reconhecemos os desafios inerentes à adaptação à nova legislação, especialmente no que se refere ao cumprimento das obrigações corporativas. Para simplificar esse processo, a Biz Latin Hub elaborou o seguinte calendário de Conformidade Fiscal Anual.
Reconhecemos os desafios inerentes à adaptação à nova legislação, especialmente no que se refere ao cumprimento das obrigações corporativas. Para simplificar esse processo, a Biz Latin Hub elaborou o seguinte calendário de Conformidade Fiscal Anual.

Conformidade corporativa no Chile – Entidades legais no Chile

Para definir a melhor maneira de entrar em um dos mercados chilenos, é necessário conhecer os diferentes tipos de entidades jurídicas disponíveis no Chile. No entanto, todas as estruturas jurídicas chilenas têm alguns requisitos estatutários semelhantes que devem ser observados. Para garantir que sua empresa esteja em conformidade com as autoridades locais e nacionais, certos procedimentos devem ser seguidos ao estabelecer uma empresa no Chile. O suporte e a assessoria personalizados de um escritório de advocacia local podem garantir que sua empresa permaneça 100% em conformidade.

O Chile desenvolveu várias estruturas legais nas quais as empresas podem ser organizadas para realizar atividades no país, desde organizações sem fins lucrativos até sociedades anônimas. Uma empresa estrangeira pode incorporar uma entidade legal em uma das seguintes estruturas:

  • Corporação (Sociedad Anónima – “S.A.”)
  • Sociedade Anônima Simplificada/Empresa por Ações (Sociedad por Acciones- ‘S.p.A’)
  • Sociedade de Responsabilidade Limitada (Sociedad de Responsabilidad Limitada- ‘S.R.L’)
  • Sucursal de uma empresa estrangeira (Sucursal)

Requisitos estatutários corporativos no Chile

Um tipo popular de corporação é a Corporação Simplificada, também conhecida como Companhia por Ações. Esse tipo de entidade legal permite 100% de propriedade estrangeira e pode ser incorporado com um único acionista, seja ele uma pessoa física ou jurídica (pessoa física ou jurídica). Essa estrutura é muito popular porque permite o fluxo suave de capital para dentro e para fora da empresa. Como resultado, os investidores estrangeiros tendem a preferir esse tipo de estrutura.

Uma vez devidamente incorporadas, todas as entidades legais no Chile, inclusive a Corporação Simplificada, devem atender a alguns requisitos estatutários mínimos para garantir a conformidade corporativa. Esses requisitos não são muito complexos nem difíceis de cumprir, desde que você tenha uma compreensão abrangente de como os requisitos funcionam. Entretanto, é importante que todas as empresas cumpram os seguintes requisitos ao exercerem atividades comerciais no Chile.

Todas as empresas no Chile devem nomear um representante legal; essa nomeação deve ser feita durante o processo de incorporação da empresa. Esse representante legal geralmente é um advogado local que tem um conhecimento profundo de conformidade corporativa e é capaz de ser a face legal da empresa perante todas as autoridades governamentais. Alguns exemplos das funções e responsabilidades do representante legal incluem:

  • Abrir e gerenciar as contas bancárias da empresa no Chile
  • Gerenciar negociações e assinaturas de contratos de aluguel.
  • Assinar contratos comerciais em nome da empresa.
  • Reunir-se com as autoridades governamentais.

Observação profissional: no Chile, o representante legal da empresa deve ser um chileno local ou um estrangeiro com o direito legal de residir/trabalhar no Chile.

Endereço fiscal

Para incorporar com sucesso uma pessoa jurídica local no Chile, é necessário registrar um endereço fiscal. Esse é o endereço oficial registrado da empresa e é usado para todas as comunicações e correspondências oficiais. As autoridades fiscais exigem isso e sua conformidade é obrigatória. De fato, durante o processo de incorporação da empresa, o endereço fiscal precisará ser declarado no estatuto da empresa para que ela seja legalmente registrada.

Para simplificar os processos, a Biz Latin Hub elaborou o seguinte calendário jurídico anual como uma representação concisa das responsabilidades fundamentais que toda empresa deve cumprir no Chile.
Para simplificar os processos, a Biz Latin Hub elaborou o seguinte calendário jurídico anual como uma representação concisa das responsabilidades fundamentais que toda empresa deve cumprir no Chile.

Conformidade fiscal

Todas as empresas no Chile, assim como as empresas em todas as outras regiões da América Latina, devem preparar e apresentar declarações fiscais regulares às autoridades fiscais nacionais e/ou locais. Além disso, as empresas chilenas precisam atender a requisitos fiscais específicos, que incluem

  • Pagamentos de imposto de renda: Esses pagamentos devem ser feitos mensalmente e são obrigatórios para todas as empresas.
  • Imposto sobre Valor Agregado (IVA): O IVA é um imposto sobre o consumo incorporado ao valor de bens e serviços sempre que o valor é adicionado em qualquer passo da cadeia de suprimentos. No Chile, esse IVA é tributado em 19% sobre o preço de um bem ou serviço.

Custódia do comércio

Toda empresa chilena deve se registrar no Departamento de Comércio. A necessidade de se registrar perante o Custodiante do Comércio está relacionada ao compromisso do governo de fornecer conscientização e notificação a possíveis terceiros interessados e à sociedade em geral. Esse registro permite que qualquer pessoa examine e analise esses registros públicos, promovendo a transparência.

O Custodiante de Comércio é um local onde qualquer terceiro pode solicitar informações corporativas sobre qualquer empresa constituída no Chile. No caso de qualquer alteração corporativa importante (Hecho Eventos Essenciales), o Commerce Custodian precisa ser notificado. Essas alterações podem incluir:

  • Mudança de proprietários da empresa
  • Fusões ou aquisições
  • Alteração do capital social da empresa
  • Mudança do representante legal da empresa
  • Mudança no endereço fiscal registrado

Caso uma empresa não se registre corretamente perante o Custodiante de Comércio, ela enfrentará problemas legais, que podem resultar no cancelamento do registro e no fechamento da empresa.

Reunião anual de acionistas

De acordo com as normas chilenas de governança corporativa, entidades específicas são obrigadas a realizar assembleias anuais de acionistas, uma prática que é particularmente significativa para as sociedades anônimas (Sociedades Anônimas – S.A.). Estipuladas pela Lei de Sociedades Anônimas do Chile, essas sessões servem como plataforma para as principais deliberações corporativas, como a ratificação de demonstrações financeiras, decisões sobre alocações de lucros e a eleição de membros do conselho (Artigo 67 da Lei nº 18.046 sobre Sociedades Anônimas). Embora as Sociedades Anônimas Simplificadas (Sociedad por Acciones – SpA) e as Sociedades de Responsabilidade Limitada (Sociedades de Responsabilidad Limitada – S.R.L.) possam não estar sob o mesmo mandato estatutário para as assembleias gerais anuais, elas geralmente são obrigadas a convocar assembleias periódicas conforme descrito em seus estatutos internos ou quando convocadas por sócios ou acionistas para tratar de diretrizes estratégicas ou financeiras importantes. É imperativo que as empresas cumpram esses requisitos de governança para manter a conformidade corporativa e defender a transparência com as partes interessadas (Artigo 58, Lei nº 18.046 sobre Sociedades Anônimas).

Registro do proprietário beneficiário definitivo

À luz dos padrões internacionais e das expectativas regulatórias, o Chile vem avançando em sua estrutura legislativa para aumentar a transparência nos setores financeiro e corporativo. Isso inclui a contemplação da implementação de um registro de Proprietários Beneficiários Finais (UBOs) para fortalecer sua posição contra a lavagem de dinheiro e o financiamento do terrorismo. Essas medidas estão alinhadas com as recomendações da Força-Tarefa de Ação Financeira (FATF), que defende a identificação clara dos UBOs para evitar o uso indevido de estruturas corporativas para fins ilícitos. Embora, nas últimas atualizações anteriores a abril de 2023, ainda não houvesse um registro público abrangente de UBOs, espera-se que as empresas chilenas mantenham informações precisas sobre suas estruturas de propriedade e controle. Isso é particularmente relevante para os processos de due diligence previstos na Lei nº 19.913, que estabelece o Sistema de Prevenção à Lavagem de Dinheiro e ao Financiamento do Terrorismo, e na Lei nº 20.393, que estabelece a responsabilidade criminal corporativa por lavagem de dinheiro, financiamento do terrorismo e suborno. A promulgação de um registro de UBO exigiria que as empresas declarassem suas informações de propriedade beneficiária, melhorando a capacidade do país de combater crimes financeiros e aumentando a transparência corporativa para investidores estrangeiros e órgãos reguladores.

Conheça os tipos de impostos se você estiver interessado em Conformidade Corporativa no Chile.

Com base em nossa ampla experiência, estas são as perguntas e dúvidas comuns de nossos clientes quando procuram operar no país

1. Quais são as nomeações estatutárias comuns para uma empresa no Chile?

A seguir, apresentamos as nomeações estatutárias mais comuns para as pessoas jurídicas chilenas:

– Um representante legal nomeado que será pessoalmente responsável, tanto jurídica quanto financeiramente, pelo bom funcionamento e pela situação da empresa. Deve ser um cidadão local ou um estrangeiro com o direito de viver/trabalhar no país.

2. É necessário um endereço de escritório registrado para uma pessoa jurídica no Chile?

Sim, um endereço fiscal local registrado é necessário para todas as entidades no Chile para o recebimento de correspondência legal e visitas governamentais.

3. O que é a Operação Anual do Imposto de Renda e quando ela é realizada no Chile?

A Operação Anual do Imposto de Renda é composta de várias declarações juramentadas contendo cálculos em várias áreas (imóveis, salários, vendas, etc.). Ela é realizada entre março e julho do ano fiscal seguinte no Chile.

4. O que é a Assembleia Geral Ordinária de Acionistas e quando ela ocorre no Chile?

A Assembleia Geral Ordinária de Acionistas inclui a convocação, a presença, a execução, a redução à Escritura Pública e a inserção (embutida ou similar) no livro de Atas das Assembleias Gerais Ordinárias da empresa. Ela é realizada na data estabelecida pelo estatuto social da empresa, que estará dentro do período de quatro meses após a data do balanço patrimonial e antes do prazo final de 30 de abril no Chile.

5. Quais são os 4 principais impostos no Chile?

Os quatro principais impostos no Chile são os seguintes:
IVA (19%)
Imposto de renda (corporativo e pessoal)
Provisão de PPM sobre o imposto de renda
Direitos alfandegários

A Biz Latin Hub pode ajudá-lo a iniciar suas operações no Chile

Antes de expandir suas operações para o Chile, é fundamental ter um bom entendimento de suas obrigações corporativas na região. Embora as oportunidades sejam grandes, também são grandes os riscos para aqueles que não cumprem a legislação chilena local. Para garantir a conformidade, você precisa cumprir determinadas tarefas, que incluem as seguintes:

  • Nomear um representante legal para a empresa
  • Registrar um endereço fiscal para a empresa
  • Cumprir as normas tributárias locais
  • Registrar-se junto ao Custodiante de Comércio

Portanto, trabalhar com uma empresa jurídica e contábil de confiança permite que sua empresa esteja em conformidade durante sua expansão no Chile. A Biz Latin Hub foi criada em 2014 para ajudar empresas estrangeiras a estabelecer com sucesso suas operações no exterior.

Para saber mais sobre a economia chilena, as oportunidades de negócios para formar uma empresa no Chile e como você pode tirar proveito dessas mudanças políticas, contate-nos hoje mesmo.

Nossos serviços oferecidos no Biz Latin Hub

As informações fornecidas aqui não devem ser interpretadas como orientação ou aconselhamento formal. Consulte um profissional para sua situação específica. As informações fornecidas são apenas para fins informativos e podem não abranger todas as leis, padrões e práticas recomendadas pertinentes. O cenário regulatório está em constante evolução; as informações mencionadas podem estar desatualizadas e/ou podem sofrer alterações. As interpretações apresentadas não são oficiais. Algumas seções baseiam-se nas interpretações ou pontos de vista de autoridades relevantes, mas não podemos garantir que essas perspectivas serão apoiadas em todos os ambientes profissionais.
Equipe Jurídica Chile

Equipe Jurídica Chile

Legal Team Chile is the Biz Latin Hub leading experts on doing business in Chile The Team writes on the news, doing business, law, and changing regulations. Read more about them here. You can contact Legal Team Chile via our "contact us page".

Receba as últimas notícias e conselhos sobre como expandir seus negócios globalmente
Assine a nossa newsletter para receber as últimas notícias e conselhos de negócios sobre formação de entidades, conformidade de entidades legais, contabilidade, back-office e requisitos fiscais.

Este campo é para fins de validação e não deve ser alterado.