Conformidade legal corporativa na Argentina

Ao incorporar uma empresa em um novo país, é importante conhecer a legislação comercial local e garantir que sua empresa permaneça em total conformidade, desde o primeiro dia de lançamento até o seu crescimento e expansão. Se você não tiver conhecimento da legislação e não seguir as regras, as chances de ser penalizado ou repreendido no futuro aumentam. Isso pode ter consequências negativas contínuas para você e sua empresa. Saiba mais sobre a conformidade legal corporativa na Argentina

O direito empresarial na Argentina pode ser muito diferente do direito empresarial em seu próprio país, com o governo trabalhando para oferecer garantias de emprego aos cidadãos, reduzir a corrupção no país e criar um ambiente de negócios que seja justo, competitivo e seguro para todos.

A seguir, apresentamos uma introdução à conformidade legal corporativa na Argentina e compartilhamos com você algumas maneiras de proteger sua empresa contra negligência ou não conformidade.

Reconhecemos os desafios inerentes à adaptação à nova legislação, especialmente quando se trata de cumprir as obrigações corporativas. Para simplificar esse processo, a Biz Latin Hub elaborou o seguinte calendário anual de conformidade tributária.
Reconhecemos os desafios inerentes à adaptação à nova legislação, especialmente quando se trata de cumprir as obrigações corporativas. Para simplificar esse processo, a Biz Latin Hub elaborou o seguinte calendário anual de conformidade tributária.

Embora o investimento estrangeiro direto (IED) no país seja incentivado, a Argentina apóia fortemente o crescimento das empresas locais e dá grande ênfase a empreendimentos que atendam à população do país. Esse pode ser o motivo pelo qual os influxos de investimento estrangeiro direto da Argentina variam muito de ano para ano, pois o país simplesmente dificulta o estabelecimento de uma empresa para alguns investidores estrangeiros. Um Relatório de Investimento Mundial de 2018 publicado pela UNCTAD revelou que a Argentina dobrou seus fluxos de IED entre 2016/2017, atingindo US$ 11,9 bilhões no final do ano.

Países como os EUA, a Espanha e a Holanda representam mais da metade de todo o IED no país, embora o investimento continue baixo. O relatório Doing Business 2018 do Banco Mundial mostra que a Argentina está atualmente classificada em 117º lugar entre 190 países. Isso sugere que a Argentina ainda mantém restrições que impedem as empresas de se estabelecerem localmente. No entanto, isso significa que há menos concorrência para empresas com uma forte proposta de valor e a estratégia de entrada correta. Há uma oportunidade de causar um impacto maior antes que a economia do país se recupere totalmente.

Capital mínimo baixo é uma vantagem importante – Uma vantagem importante para os investidores na Argentina

Um dos aspectos que a Argentina oferece em favor dos investidores é o baixo custo inicial. É por isso que muitas empresas escolhem a Argentina para incorporar um centro latino-americano. O capital mínimo exigido para a constituição de uma Sociedade de Responsabilidade Limitada no país é de apenas US$ 300, o que reduz as barreiras à entrada e permite que as empresas iniciem suas operações o mais rápido possível.

Com um número crescente de startups interessantes na Argentina, a economia do país experimentará um influxo de novas empresas nos próximos anos. Com tão pouco capital inicial necessário, investidores e empreendedores com capital de investimento variado podem começar.

Requisitos para o cargo de diretor

Seja você um investidor estrangeiro que deseja abrir uma empresa na Argentina ou um empresário local, entender as leis que envolvem a diretoria é fundamental para o crescimento a longo prazo. Todas as empresas argentinas devem ter uma maioria de diretores residentes. Se você não for do país, precisará encontrar parceiros de negócios locais ou pagar para que uma empresa represente sua firma e atue como diretor, a fim de contornar as exigências para a constituição de uma empresa.

Você deve apresentar declarações anuais da empresa, confirmando os detalhes de sua empresa. Isso inclui os nomes e endereços de seus diretores, o endereço do principal local de negócios e detalhes sobre seus acionistas e suas participações acionárias. É importante manter um registro de todas as informações pessoais de seus acionistas e diretores e informá-los de que suas informações pessoais serão enviadas ao governo.

Também é importante observar que, embora os secretários da empresa não sejam obrigatórios na formação de uma nova empresa na Argentina, eles são recomendados para garantir a conformidade com a Lei das Sociedades Anônimas.

Para simplificar os processos, a Biz Latin Hub elaborou o seguinte Calendário Legal Anual como uma representação concisa das responsabilidades fundamentais que toda empresa deve cumprir na Argentina.
Para simplificar os processos, a Biz Latin Hub elaborou o seguinte Calendário Legal Anual como uma representação concisa das responsabilidades fundamentais que toda empresa deve cumprir na Argentina.

Obter um número de identificação fiscal, ou Código Único de Identificação Tributária (CUIT).

Isso é essencial para a apresentação de declarações fiscais e para o cumprimento de outras exigências fiscais.

Informações sobre o UBO

Uma vez por ano, é necessário apresentar uma declaração juramentada especificando o(s) proprietário(s) beneficiário(s) da empresa.

Autorizar a repatriação de lucros

Seja para abrir um novo negócio na Argentina ou uma filial argentina de vendas de uma empresa multinacional, é necessário obter autorização do Banco Central para a repatriação de todos os lucros. Isso é fundamental – ainda mais se você tiver um diretor ou acionista estrangeiro – para entregar lucros e ativos às pessoas certas sem entrar em conflito com a lei.

Ao expandir seus negócios na Argentina, é recomendável trabalhar com um contador ou guarda-livros que possa manter o controle de suas finanças e garantir a conformidade. De fato, a não apresentação dos lucros e perdas apropriados de sua empresa pode resultar em multas ou processos. Não vale a pena correr o risco de fazer isso por conta própria, juntamente com as outras demandas que a formação de uma nova empresa exige. Esteja ciente de que não é possível remover ativos da sua empresa e distribuí-los aos acionistas como e quando desejar. Cumprir as regras garantirá que sua empresa permaneça dentro da lei e tenha sucesso a longo prazo.

Proteção de dados e discriminação

A Lei de Proteção de Dados da Argentina (conhecida como Projeto de Lei nº MEN-2018-147-APN-PTE) foi recentemente revisada e reformulada para evitar que as empresas divulguem informações privadas sobre um indivíduo, seja ele um cliente ou um funcionário. O novo projeto de lei está de acordo com o Regulamento Geral de Proteção de Dados da União Europeia e inclui a obrigação de prestação de contas para todas as empresas.

As leis de gênero na Argentina também devem ser consideradas. É ilegal discriminar um funcionário com base em seu gênero, raça, religião ou orientação sexual. Certifique-se de incluir essa consideração em sua estratégia de recrutamento para garantir a conformidade e criar uma equipe diversificada para impulsionar seu crescimento.

Regulamentos anticorrupção, de suborno e de lavagem de dinheiro

Existem diferentes regulamentações e leis relacionadas à obrigação das empresas de evitar o suborno, entre outros crimes, ou a facilitação da evasão fiscal.

Conformidade

Na Argentina, entidades de todos os tipos devem realizar determinadas atividades para cumprir as obrigações regulatórias. Essas atividades incluem:

  • Realização de uma Assembleia Geral Anual (AGM)
  • Enviar demonstrações financeiras ao Registro Público, se aplicável com base no tipo da entidade.

Conformidade com a lei antitruste

Por fim, as leis antitruste da Argentina foram criadas para impedir que as empresas criem ou celebrem contratos que criem monopólios. A permissão deve ser concedida primeiramente às atividades comerciais propostas para garantir que o mercado permaneça justo e competitivo.

Além disso, o Código de Práticas Comerciais da Argentina tem uma política para impedir que as empresas dominantes no país forcem a saída de concorrentes usando técnicas predatórias, como preços não razoáveis e operação de lojas não lucrativas.

Tipos de estruturas jurídicas na Argentina. Saiba mais sobre conformidade legal corporativa na Argentina

Perguntas frequentes sobre conformidade jurídica corporativa de entidades na Argentina

Com base em nossa ampla experiência, estas são as perguntas e dúvidas comuns de nossos clientes quando procuram operar no país

1. Quais são as nomeações estatutárias comuns para uma empresa na Argentina?

A seguir estão as nomeações estatutárias mais comuns para as pessoas jurídicas argentinas:

Um “Diretor Principal” local e um “Diretor Substituto“, que será pessoalmente responsável, tanto jurídica quanto financeiramente, pelo bom funcionamento e pela situação da empresa. O diretor principal pode ser um cidadão local ou um estrangeiro com residência na Argentina, enquanto o diretor substituto pode ser um cidadão local ou um estrangeiro (se um estrangeiro for selecionado para essa função, ele deverá estar devidamente registrado junto às autoridades governamentais do país).
Um representante legal nomeado para cada acionista de pessoa jurídica estrangeira. Esse representante deve ser um cidadão local ou um estrangeiro com residência na Argentina e deve ter um número de identificação fiscal atribuído no país e um endereço fiscal pessoal (diferente do endereço da Empresa). Observe que os Representantes Legais devem contratar uma apólice de fiança em favor da entidade que representam.

2. É necessário um endereço de escritório registrado para uma pessoa jurídica na Argentina?

Sim, um endereço fiscal local registrado é necessário para todas as entidades na Argentina para o recebimento de correspondência legal e visitas governamentais

3. Quando um Auditor Fiscal é nomeado na Argentina?

No caso de a empresa comercial apresentar desequilíbrios em seu cumprimento fiscal, a Administração Federal da Receita Pública (AFIP) nomeará um Auditor Fiscal ex oficio para regularizar a situação fiscal e tributária. Na Argentina, não há período de nomeação, pois o funcionamento é ex oficio.

4. Quando o Registro Comercial é renovado na Argentina?

Anualmente, no dia do aniversário da constituição da empresa, perante o Registro Público de Comércio e a Inspeção Geral de Justiça.

5. Quando deve ser realizada a Assembleia Geral de Acionistas na Argentina?

A Assembleia Geral Ordinária de Acionistas deve ser realizada dentro de quatro meses após o encerramento do exercício financeiro. A data limite para isso é 30 de abril.

É fundamental buscar assessoria jurídica corporativa ao iniciar um negócio na Argentina. A Biz Latin Hub está na melhor posição para ajudar em sua entrada ou expansão na Argentina e na América Latina. Se você identificou uma lacuna no mercado e deseja operar no país, ou se tem planos de expansão, mas precisa de orientação sobre conformidade, nossa equipe de advogados e especialistas jurídicos está à disposição para ajudar.

Para saber mais, entre em contato com nossa equipe de especialistas hoje mesmo e consulte nosso site regularmente para obter mais guias e assistência sobre como operar legalmente na Argentina a fim de maximizar sua lucratividade.

Assista ao nosso breve vídeo abaixo para obter informações sobre o que faz da Argentina uma escolha inteligente para fazer negócios.

Serviços Formação da Empresa Banco Serviços Jurídicos Contratação e Serviços Internacionais PEO Serviços contábeis e tributários Serviços de Consultoria Tributária Serviços de Imigração e Solicitação de Vistos para a América Latina
Serviços Formação da Empresa Banco Serviços Jurídicos Contratação e Serviços Internacionais PEO Serviços contábeis e tributários Serviços de Consultoria Tributária Serviços de Imigração e Solicitação de Vistos para a América Latina

As informações fornecidas aqui não devem ser interpretadas como orientação ou aconselhamento formal. Consulte um profissional para sua situação específica. As informações fornecidas são apenas para fins informativos e podem não abranger todas as leis, padrões e práticas recomendadas pertinentes. O cenário regulatório está em constante evolução; as informações mencionadas podem estar desatualizadas e/ou podem sofrer alterações. As interpretações apresentadas não são oficiais. Algumas seções baseiam-se nas interpretações ou pontos de vista de autoridades relevantes, mas não podemos garantir que essas perspectivas serão apoiadas em todos os ambientes profissionais.
Equipe jurídica Argentina

Equipe jurídica Argentina

Legal Team Argentina is the Biz Latin Hub leading experts on doing business in Argentina The Team writes on the news, doing business, law, and changing regulations. The team are experts in corporate law, Administrative law, Employment law, Immigration law and legal advisory services. Read more about them here. You can contact Legal Team Argentina via our "contact us page".

Receba as últimas notícias e conselhos sobre como expandir seus negócios globalmente
Assine a nossa newsletter para receber as últimas notícias e conselhos de negócios sobre formação de entidades, conformidade de entidades legais, contabilidade, back-office e requisitos fiscais.

Este campo é para fins de validação e não deve ser alterado.